quarta-feira, 1 de julho de 2015

Actividades deprimentes

Comprar bikinis quando se tem mais 6kg que no dia do teu casamento (em que estavas numa forma física invejável)...

Saldices para a cria!

(A mãe comprou coisinhas mas quase nada em saldos!)


terça-feira, 30 de junho de 2015

Desilusões ou ilusões?

Recentemente fez 3 anos que soube que estava grávida da minha filha. Após 2 anos a tentar e uma gravidez ectópica, estava finalmente grávida de forma espontânea. Por coincidência (ou não) a menstruação deveria aparecer uns dias antes de fazer 3 anos dessa notícia e, por algum motivo, ilusão certamente de uma cabeça palerma como a minha, imaginei que realmente poderia ter conseguido engravidar. Achei que fazia todo o sentido, eu era quase obra do destino. Ter outro teste positivo exactamente 3 anos depois daquele. Pois, não aconteceu. A menstruação apareceu. E eu, que tinha prometido a mim mesma e ao meu marido não cair em esperanças tolas, nem em desespero de causa, dei por mim a ficar desiludida. Senti-me tão estúpida depois. Aos 34 anos e ainda iludida...

O que ando eu a fazer

Ando a viver a vida. Basicamente é isto.

Estivemos de férias a semana passada e foi uma semana  a tratar de muitas burocracias em relação com a mudança de casa (coisas que têm mesmo de ser feitas!), mas também aproveitamos para estarmos os 3 a aproveitar a nossa nova casa. Foram também dias de estar com os avós da criança, para lhes fazer um pouco mais de companhia do que aquilo que normalmente podemos.
 
Foram dias bons, que me fizeram recordar como é compensador ter tempo para a minha filha e de como temos tão poucas férias por ano que nos permitam esta atenção especial com a família e com a casa.
 
E pronto, estou de volta ao trabalho, a 100%. Ainda por cima esta altura é repleta de férias de colegas, com esforço redobrado para compensar as suas ausências.

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Estou de férias esta semana

E o verão é a altura de maior trabalho, devido às férias dos colegas. E agora, com ela e o marido a 100% tenho uma pena de não ter mais tempo livre para estar com a minha piolha e organizar a vida de casa.. Claro que sei que é cansativo na mesma, mas eu (e metade das pessoas) precisava mesmo de 2 meses em casa no verão! ;)

quarta-feira, 24 de junho de 2015

Não sei se ria ou se chora

Ela para o pai: queres pão, papá?
Ele: quero
Ela: espera um bocadinho que a mãe já vai fazer.

��

Rescaldo do São João

2 máquinas de louça mais 1 de roupa, mais apenas 6h de sono.... aiiiiii já não tenho idade para isto!!!

By the way: correu muito bem a organizaçao do evento e fiz uma mousse de chocolate de comer e chorar por mais que desapareceu enquanto o diabo esfrega o olho!

terça-feira, 23 de junho de 2015

Organizar o São João!

Eu que sou uma desorganização só, estou a organizar o São João cá em casa!! Não tenho jeitinho nenhum para anfitriã e acho sempre que está tudo aquém do desejado, e faltam-me sempre coisas, mas não faz mal! Hoje é em modo marcha popular: sempre para a frente, voltinha, dancinha  e siga!

Que não chova e já é muito bom!  

Falar com as letras todas

- mamã posso ir fazer xixi com o papá? 
- por mim podes filha, vai pedir ao papá!
- papá posso ir fazer xixi contigo? 

A forma como usa os tempos verbais e o "contigo" "comigo" aquece-me o coração... É para compensar a fase de birras gigantes em que entrou! 2 anos e 4 meses e os terrible two chegaram em força! 

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Modas

Agora está na moda as mães colocarem colares nas crianças, por vezes mesmo bebés. Porque é giro, porque ficam tão "fofas", porque agora há uma diversidade de marcas "in" que fazem os ditos, enfim. Mas as pessoas esquecem-se é que os colares são desconfortáveis, principalmente para dormir, e são perigosos! O risco de asfixia ou de as crianças ficarem presas em algo enquanto brincam é uma realidade e acho mesmo, que utilizá-los em crianças tão pequenas, principalmente naquelas que nem ainda sabem o que é um colar, não faz muito sentido. Mas claro que casa um sabe de si.

terça-feira, 16 de junho de 2015

Mau acordar

A minha filha continua a ter um mau acordar. Já não acorda a chorar, o que é uma grande coisa, mas se naqueles minutos mal ela acorda fazemos algo que não quer fica ainda pior! Ou porque ajeitamos a almofada, ou porque vamos buscar o leite... Qualquer coisa leva ao drama. Claro que sigo com a minha vida e digo-lhe: ui, tanto soninho! E ela passado um pouco já nem parece a mesma. Toda bem disposta, com piadas e super sorridente. Mas o acordar... Ai o acordar! 

A praia

A pequena anda louca com a praia. Com a escola começou ontem, mas ela gosta tanto tanto que ontem, no fim do leite da noite, disse:
- falta lavar os dentes e dormi, e depois paia! 

Esta rapariga sai mesmo aos paizinhos! Sempre de pés na água se for possível! 

sábado, 13 de junho de 2015

Homens...

O meu marido hoje foi jogar futebol com os amigos. Um torneio, a celebrar uma data especial para eles, que inclui vários jogos ao longo do dia. Lesionou-se logo no primeiro jogo. Pelo que percebi deve ter feito uma rotura muscular. E é uma pena... estou farta de lhe dizer que o futebol é o desporto onde os homens mais se lesionam e que ja não tem idade para aquilo (quase 39 anos... lamento mas a idade pesa!|), mas de vez em quando lá vai e, invariavelmente, lesiona-se! Enfim... 

quarta-feira, 10 de junho de 2015

Aulas de inglês

A pequena, no colégio, tem 1 aula de inglês por semana, desde Setembro. Inicialmente achei que aquilo poderia não fazer sentido, mas a verdade é que a familiariza com uma língua estrangeira.

Hoje de manha andava ela a contar uns brinquedos e começou a dizer os números em inglês!! Com uma pronuncia fantástica (claro que não!!), e a saltar alguns à frente, mas lá os disse. E depois do almoço estava a dizer algo estranho ate que lá percebi: "Toilette, please".

Parece que afinal ela tira algum proveito.

Rica sesta

A dela claro, que me permite, finalmente, pegar no portátil em modos e escrever qualquer coisinha!

Hoje, o meu rico marido, disse-me algo que me deixou a pensar, a meio de uma birra da pequena:
 - Pareces a mãe do Ruca!
Eu parti-me a rir, como é fácil imaginar. Mas depois, pensando bem, ele tem uma certa razão. Ele depois desenvolveu: Eu noto que tu tens vontade de a repreender de outra maneira, mas não sei como, controlas-te, e fazes parecer tão fácil resolver uma birra!

A verdade é que tenho feito um esforço enorme para não cair em gritarias e braços de ferro com uma criança de 2 anos, até porque me parece uma luta inglória, e nada frutífera. Se há alturas em que só me apetece dar-lhe 2 berros? Há, tantas.... enfim, faz parte. Eles tiram-nos do sério com a sua perseverança nas asneiras, mas cabe-nos a nós, adultos, resolver as coisas com cabeça. E se eu lhe digo, quando ela grita: "vez alguém mais a gritar?",  eu tenho de ser a primeira a dar o exemplo!

Nem sempre é fácil, nem sempre consigo, mas pelo menos tento.

segunda-feira, 8 de junho de 2015

Hoje, no computador

Tenho escrito todos os post a partir do telemóvel porque o tempo para me sentar com o portátil tem sido nulo! Acordo cedo, e à noite, quando ela adormece, já estou "mais para lá do que para cá", pelo que vou é para a cama descansar! Às vezes sinto simplesmente que a vida corre tão rápido que não temos tempo para nos organizarmos em actividades diferentes do habitual. Ir visitar isto ou aquilo, ir a uma festa, a uma exposição. Nada. Mas vamos ao parque e à praia, e brincamos em casa, e passeamos muito à beira mar. Depois vejo todas as festas que há por aí, desde arraiais, eventos para miúdos, sítios giros a visitar, e fico com receio de estarmos a perder uma parte importante da vida, que é fazer e experimentar (e dar a experimentar) coisas diferentes. O problema é que quando dou conta a semana já passou, não vi onde posso ir no fim de semana e acabamos por simplesmente fazer o do costume no meio do pouco tempo livre que temos. Serei só eu??

sábado, 6 de junho de 2015

Manhã de trabalho que começou com uma corrida!

35 minutos, mais de 5 km (o gps falhou-me desta vez). O corpo começa a corresponder às expectativas de uma desportista, só o peso é que não! 

sexta-feira, 5 de junho de 2015

Despachada!

Acabou o banho, chamou o pai e perguntou
- o quarto está quentinho? Sim? 


quinta-feira, 4 de junho de 2015

Eu bem digo que assim é difícil!

Corri 30 minutos e, em compensação, amanhã há bolo no trabalho e no sábado festa de aniversário. Digam-me, com sinceridade, como consigo emagrecer assim!! 

Já sei, já sei... Fechando a boca! 

Treino bom!

30 minutos, 4km30. Tive de reduzir o ritmo para aguentar mais tempo, mas valeu a pena! Agora é manter! 

Tosse irritativa, obrigada!

Mantenho a porcaria da tosse que não me deixa dormir direito! Mas se não durmo, corro! Lá vou eu! 

terça-feira, 2 de junho de 2015

Exercício matinal

Hoje não fiz nada, precisava dormir, muito e achei que estaria vento, e correr com vento norte e frio... Acontece que quando acordei, já há hora que devia acabar o exercício, vi que não estava vento nenhum! Fiquei logo com pena de não ter ido correr... Mas ontem acordei cedo e fiz 30 min na minha bicicleta fixa, e vou fazer mais vezes quando estiver frio ou quando não me apetecer correr! 
O problema tem sido mesmo a comida... Tenho sempre festas, ou reuniões de amigos ou familiares, e é quase impossível não pecar (e muito!). Resultado é que a balança não se quer mexer, e o meu volume também não! É mesmo preciso força de vontade...

segunda-feira, 1 de junho de 2015

A tagarela deu mais um salto

Aconteceu novamente! A rapariga deu mais um salto enorme na linguagem, e não só. É cada raciocínio espetacular que nos deixa surpreendidos como é que ela discorre determinadas coisas! 
Ainda ontem estávamos os 3 na sala e ela é o pai estavam a usar os 2 repousa pés que temos. Ela foi buscar qualquer coisa e disse
- mamããã, não põem aqui os pés! Esse é da S.
- então?! Mas eu não tenho direito também? 

Ela vai à beira do pai, agarra o outro repousa pés e diz-lhe
- tira os pés papá, já usaste muito tempo, agora é a mamã!

Rimo-nos tanto... E como esta pérola há muitas, que não tenho tido tempo de registar, mas que nos deixam surpreendidos a cada dia! 

A maternidade arranca-nós a energia do corpo, principalmente nesta fase das birras, mas é uma coisa fantástica! 

sexta-feira, 29 de maio de 2015

A melhor corrida!

Hoje, finalmente, consegui aumentar o tempo e distância corridas! 4km em 25 min42seg. Para mim já foi uma vitória, pois não conseguia sair dos 20 minutos! Ando-me a sentir com mais resistência mas não mais energia e a balança, essa, para já mexeu-se pouco. Dos 3kg que ganhei naquela altura de maior Stress, 1,5 já foram. Faltam os outros e ainda os que eu já tinha a mais (+2 pelo menos). Vou continuar a tentar, mas o grande problema tem sido as reuniões familiares, aniversários no trabalho e etc, que tornam qualquer regime alimentar saudável uma miragem! 

quarta-feira, 27 de maio de 2015

Mais uma corridinha

20 minutos intensos e com demasiado calor. 3,30km numa média de 6,01min/km. Está a custar-me imenso aumentar o tempo a correr.. Aos 20 minutos já estou bastante cansada!! 

terça-feira, 26 de maio de 2015

Viciada!!

A minha filha é viciada em baloiço! É capaz de estar 30 minutos seguidos a andar e só sai quando tem mesmo de ser! Ela tem 2 anos e 3 meses e é a única coisa que faz durante tanto tempo seguido! 

Burocracia até com a criança doente

Como é que fazem quando os vossos filhos estão doente? Pois eu, se ficar com ela, tenho de entregar baixa no trabalho e isto implica ter de ir ao centro de saúde. Isto não teria nenhum problema não fosse o facto de na maioria das vezes não justificar ir para lá ocupar uma vaga. É que estas maleitas das crianças costumam passar em 2 ou 3 dias sem necessidade de médico à mistura. Mas como preciso da baixa, que no privado não pode ser passada, lá vou eu para o centro de saúde fazer a médica perder tempo e eu perder o meu e tirar a criança de casa.

segunda-feira, 25 de maio de 2015

3 dias de fim de semana

A rapariga fez febre esta noite e, para variar, sou eu a ficar em casa com ela. A minha mãe costuma ficar com ela mas esta semana tem imensas coisas marcadas e não podia ficar um dia inteiro fechada. Decidi que ficava com ela, não sem me corroer de culpa por não ir trabalhar! Isto faz sentido por acaso? Sentirmo-nos culpadas por tomarmos conta dos nossos filhos doentes... Enfim.

domingo, 24 de maio de 2015

E ontem foi dia de festa!!

Parabéns a mim! 34 já cá cantam!

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Os dias tão bons!

Em que jantamos todos juntos, sem birras, Deitamo -nós com a certeza que o amanhã vai ser um dia bom. Acordar cedo, fazer uns lindos 3km à beira mar sem vento, e sentir que por cada dia menos bom existem pelo menos 10 fantásticos! 

Bom dia