terça-feira, 3 de março de 2015

A minha terrible two tagarela...

E não é que a minha tagarela agora usa os plurais e outras palavras inesperadas? No domingo estávamos as duas a brincar e simulamos uma queda conjunta, com abraços e miminhos em série e exclama ela: "caímos mamã!". 

Começa a usar também o "ele" e "ela", mas continua a referir-se a si própria, a maior parte das vezes, pelo seu nome próprio e não por "eu". 

Ao ver-me trabalhar este fim de semana, sentada no escritório, disse ao pai: "sai daí papá, a mamã está a trabalhar!"

Enfim... tanto de coisas giras como de dores de cabeça!

Terrible two is in the house

É o desespero. Nunca pensei. Parece que um interruptor se ligou na cabeça da minha filha e disse: tenho 2 anos, está na hora de deitar a casa abaixo.

 Isto não anda nada fácil por aqui, principalmente de manhã! Hoje foi uma manhã terrífica. Choro, e choro, e tentar bater nos pais, e não querer despir o pijama, nem vestir  roupa da escola, nem nada! Enfim. 

E como reagir a isto? 

Nós bem tentamos fazer tudo calmamente, tentando explicar que tem de ser, e distraindo ao mesmo tempo com qualquer conversa (sem recurso à tecnologia de preferência), mas hoje a coisa estava de tal maneira que nada resultava. Acabou comigo a sentá-la no cadeirão dela, eu furiosa e a dizer-lhe para pensar nas asneiras que estava a fazer e de como tudo seria mais fácil se nos calmássemos todos e ela colaborasse. Entretanto acabei de a vestir, com ela a ameaçar sair do cadeirão, e eu a dizer-lhe que não, não podia ser. Tinha de se vestir e tinha-se portado mal, queria-a ali sentadinha para acabar de a vestir. Soluçava enquanto eu a vestia, mas ficou lá sentada, mais ou menos quieta. Quando acabei de lhe vestir as camisolas veio-se enroscar em mim e dar miminhos. Retribuí, obviamente. Deixou-se pentear e lavar a cara sem dramas. Depois novo drama para sair de casa porque queria ficar a brincar com as coisas dela... 

Ai, só digo que já comecei o dia completamente exausta. Pior que ter feito uma maratona!

E ela ainda só fez 2 anos agora... e como se lida com isto? Será que dar a volta ao assunto é sempre a opção correcta? Muitas vezes assim vou conseguindo uma maior colaboração, mas também é preciso ela perceber o que está fazer errado. Acho que é importante a criança perceber que nem sempre pode fazer o que quer, e ensiná-la a saber lidar com a frustração de ser contrariada. Isto de ser mãe/pai é muito complicada, em segundos temos de decidir qual é a melhor atitude. E eu estou cansada e tenho receio de fazer as coisas de forma impulsiva e de forma menos correcta...

segunda-feira, 2 de março de 2015

Doidas das galinhas ou ai os meus "nerves" que ficam doidos!

Ou da minha filha, melhor dizendo! Anda tão birrenta.... estes últimos dias foram uma miséria de birras! Até para comer! Agora nunca tem fome... mas nem do que gosta. Simplesmente não quer comer. Acabou sempre por comer alguma coisa, claro, mas para uma miúda que comia tudo pela mão dela sem queixas, está muito diferente! 
E está sempre a levantar a mão... e isto é que me dá a volta ao estômago porque nós somos adultos e não podemos reagir por instinto fazendo o mesmo que eles. Mas então como agir? Já lhe expliquei que não deve fazer aquilo que magoa, e deixa as pessoas tristes, e ela diz que sim e dá miminho e passado um pouco, mal é contrariada, lá está ela a "sacudir o pó". Ontem até usei a técnica de a pôr a pensar. Mas a minha voz estava claramente agressiva e sem paciência, e eu mais bruta porque aquilo me enerva até às minhas entranhas mais profundas. Detesto esta coisa de andarem sempre de mão no ar, e não quero ser uma mãe tirana e quero estabelecer limites de forma positiva, mas está a ser difícil! E eu ainda há dias a escrever tão bem da pequenita.... Esta coisa da parentalidade positiva tem muito que se lhe diga, porque acho que estou a ter dificuldades em que ela entenda os limites sem eu ser mais "agressiva" na minha postura ou nas palavras e sem gritar... e depois uma pessoa anda cansada e a última coisa que lhe apetece é comprar uma briga com os pequenos... 

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

2 anos!

Sou mãe há 2 anos. 2 anos de amor, de coisas novas todos os dias, de muitas alegrias (e preocupações, pois está claro!). 

Com 2 anos a minha pequenina está a ficar uma menina, a dar respostas de criança e não de bebé, e a demonstrar cada vez mais a sua personalidade! Aproveito esta altura par fazer um mini resumo das suas evoluções, porque do que sentimos todos nós sabemos: amor e mais amor que parece que não cabe no nosso peito e que cresce e cresce a cada dia que passa!

 - É uma tagarela de primeira. Fala imenso e fala relativamente bem para idade. Faz-se entender lindamente. Usa apropriadamente as palavras e as respostas (deixando-nos muitas vezes a nós sem palavras!). Faz frases loooongas, e está sempre a utilizar palavras novas todos os dias.
Diz se faz favor espontaneamente e obrigada quando a chamamos a atenção para tal.

 - Continua a não achar piada nenhuma a estranhos adultos, pincipalmente quando está com os pais.

 - Já conta até 12. Não é saber os números, é mesmo contar. Se tem 3 bonecos conta 3 bonecos, conta os dedos da mão, etc. De vez em quando, obviamente, conta 2 vezes o mesmo objecto. Já reconhece alguns números. 

 - Reconhece a letra do nome dela e do primo, e as dos pais. 

 - Nos desenhos já tenta imitar o que fazemos: um sol, um escadote, uma árvore. De resto riscos e risquinhos e traços redondos, e já tenta pintar dentro das bordas do desenho, apesar de não o conseguir fazer.

 - Conhece as seguintes cores: branco, preto, azul, vermelho, verde, rosa, roxo e laranja.

 - Adora dispositivos electrónicos e temos de estar sempre a fazer desaparece-los das vistas dela! E gosta deles porque gosta de ver as músicas da cana, ou um bocadinho do ruca. 
Já vê um bocadinho de tv, mas o tempo de concentração é inferior a 5 minutos em frente À televisão parada a olhar!

 - Gosta muito de puzzles e já faz de 9 peças sozinha. 

 - Adora legos e os bonequinhos dos legos para brincar! Demos-lhe um comboio da lego no aniversário e adorou!

 - Brinca ao faz de conta com as bonecas: que vai à escola, que dá de comer, passear, etc. 

 - Gosta muito de histórias, apesar de nem sempre querer ficar sentada a ouvir/ver os livros, e começou há umas semanas a contar ela a história. A verdade é que diz o que nós lhe contamos, sendo que às vezes mistura a história de 2 livros diferentes. Nota-se portanto que presta atenção e retém, mesmo quando nós achamos que não.

 - Não é daqueles meninas que quer tudo rosa ou quer escolher a roupa (apesar de eu achar que com esta idade também não é suposto, mas como já vi casos assim...), e basicamente veste o que nós escolhemos. Não liga grande coisa a carteiras ou coisinhas de menina como colares, pulseiras etc. Gosta dos laços e bandoletes, e por vezes pede para lhe fazer um totó ou trança.

 - Adora o banho, e adora dançar e rir e andar às voltas até ficar tonta, aquela tonta! 

 - é muito meirinha, mas começa a querer mostrar geniozinho. Faz birras. Muitas birras por tudo e por nada. Mas sei que no panorama geral desta idade, não é muito má. Mas para mim: são birras a mais!
Ah, e agora tem ciúmes quando os pais dão um beijinho ou quando a prima se agarra à avó! 

 - Continua a não querer dormir. Temos mesmo de a mudar de cama, que irá acontecer em +/- 2 meses. Tenha eu tempo para tratar disso!

- Gosta de comer e nesta área não dá grande trabalho!

E é isto. e muitas mais coisas que não há como descrever! É o meu amor, o nosso amor grande pequenino. 2 aninhos de muito amor! 

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

A precisar de um shot de vitaminas!

Ultimamente pareço um pouco bipolar... tanto estou animada e com energia como não me consigo concentrar e me sinto permanentemente exausta. Enfim. E só me apetece comer porcarias (que como mesmo!)

Esta noite até estava a correr bem

Até que às 5h da manhã ela acorda com 38 de temperatura a querer ir para a sala. Supositório, leite, dormir no nosso meio. Acordar tarde e ela fazer um xixi gigante que molhou tudo! Bom dia!!!

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Surpresa!

A primeira noite, em um mês, que dormiu seguidinha na cama dela! Oh pá, vá-se lá perceber como e que os putos funcionam! Então depois de uma sesta muito tardia (medddooooo) da qual acordou (obrigada) às 18h30, e sempre a tentar fechar os olhos no nosso colo até já depois das 19h, lá a consegui despertar, dar-lhe de comer e fartamos-nos de brincar com as bonecas até às 22h15. Mas brincar à séria: dar comidinha, deitar para dormir, cantar músicas, fazer de conta que estávamos no parque, etc. Depois encostou-se a nós, adormeceu em 5 minutos e dormiu a noite seguida. NA CAMA DELA!
Dormi 7h seguidas! Sinto-me um autêntico E.T.

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Estamos tramados!

Adormeceu no colo meu marido enquanto o via a escrever um mail! Agora teremos uma má noite garantida! 

O domingo está ser muito bom, ou podia estar a ser melhor

Hoje não dormiu a sesta, apesar dos nossos esforços, que se revelaram infrutíferos. Criança de 2 anos completamente eléctrica! Suspeito que lá para as 20h já estará completamente estouradinho na cama. Nós já estamos estouradinhos agora. Bom domingo então, ok?

sábado, 21 de fevereiro de 2015

Ainda das historias!

Hoje estava outra vez a contar a história do capuchinho e a misturar com a história da branca de neve (como aliás já tinha feito!), e dizia: 
- capuchinho foi à vovó que taba oente, e a buxa má e o cabaleilo (grande misturada de histórias!).
E eu a dizer-lhe:
-conta à mamã a da branca de neve!

E começa ela:
-"ela peguntou "pelho meu alguém mais belo queu?", e disse "não, não, a banca di nebe é a mais bela""

O que me rio com esta rapariga! E a fazer vozes diferentes para a madrasta e para a voz do espelho (que é como eu faço quando conto a história!).muito jeito para o drama, sem dúvida! 

A esta hora ela devia estar a dormir...

... Mas está a pedir pão com manteiga! E já fez os puzzles todos que tem e continua sem ar de sono. E eu? Eu já adormeci no sofá enquanto ela foi à cozinha com o pai... 

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Qual é coisa, qual é ela

Que gira como um pião enquanto dorme?
...
...
...

A minha filha!
É que apanhei com cada "chapada" esta noite...
Por este andar começo a ter terrores nocturnos. Oh, não, espera! Para isso acontecer, era suposto conseguir dormir! 

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

A sério! Parem!

Hoje já atendi uns 20 telefonemas! E não, não faço anos!!! Estou a ficar tolinha! 

Tagarela #2 (ou 3, ou 4!)

Hoje de manhã íamos no carro, a caminho da escola e ela quis levar o livro do capuchinho vermelho. De repente começo a ouvir a vozinha dela em tom de quem conta uma história:
 - Era uma vez o capuchinho e a madasta que era má. O capuchinho muito monito e pele suave. 

E eu a sorrir à frente. É tão giro ver que ela já presta tanta atenção ao que lhe lemos! Foi dizendo, de forma saltada partes da história, com palavras que vai aprendendo (nomeadamente o "suave" que nunca a tinha ouvido dizer!). E foi o caminho toda contente a "ler" a história!

Esta rapariga quase a fazer 2 anos é surpreendente em termos de linguagem! Mesmo! Depois ía a dizer os números e eu que achava que ela sabia só até 10 e quando dei conta já ía no 13! 
É o que eu digo, são evoluções diárias!

Para as meninas que dizem que os filhos ainda não falam muito: não falam mas pensam assim, como a minha filha verbaliza! Eles estão a absorver tudo e quando menos esperarem demonstram que sabem um milhão de coisas que nós nem fazíamos ideia que eles sabiam!

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Tagarela!

Liguei ao meu marido que está por casa com a pequena, ela obviamente quis falar:

- mamã onde tá?
- estou a trabalhar filha. Estás bem?
- sim. Amos ao shopping com a vovó? A S. Vai no carrinho! Não! No ticiculo! 
- não vamos ao shopping com a avó, mas logo à tarde vais passear com os pais e se calhar vamos ao parque! Boa?
- mas o paque tá fio! 
- vestimos um casaco!
- boa! Papá, a S. Vai ao paque com os pais!!!

Eu fico fascinada! Acabei de ter uma conversa a sério ao telefone com a minha filha que só faz 2 anos na próxima semana! 

Tudo o que é demais cansa!

A rapariga está a ficar cada vez pior para dormir... mesmo! Ontem adormeceu cedo (raridade!), mas acordou às 22h30 como se tivesse dormido a noite toda! E voltá-la a adormecer?? Às tantas quase à meia noite ela lá adormeceu à nossa beira no sofá, connosco quase a fechar os olhos de cansaço e, obviamente, fui colocá-la na cama dela. 
O drama minha gente, o drama! Haviam de ter visto! Agarrada ao meu pescoço, a chorar, "não mamã, não mamã! Pá sala mamã, Num qué domi!". Consegui acalmar a rapariga ainda no quarto e vá de tentar po-la na cama. Novo drama. Entretanto já estávamos completamente zombies e não aguentamos, agarramos nela e foi para a nossa cama. Mal a pousei numa das almofadas, abriu um sorriso, fez-nos uma festinha fechou os olhos e dormiu. 

Como é que se resolve isto, como? É que esta rapariga dorme tão pouco e mal, desde o dia em que nasceu que uns primos ainda no domingo nos diziam "Se vocês têm um segundo filho que seja como ela era em bebé, vocês estão tramados!". Houveram uns mesitos em que ela dormia lindamente (apesar de não dormir muito), a noite toda na caminha dela e nem acordava a meio, e agora é esta confusão. Já experimentamos com luz de presença, sem luz de presença, com várias chupetas na cama, com um bonequinho que ela gosta, nada resulta... qualquer coisa a faz acordar e depois com o mau acordar que tem (desde sempre) fica com uma neura incrível e é dificílimo acalmá-la a menos que seja junto de nós...

Enfim... em modo zombie por este lado!

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Dias bons

Hoje o dia rendeu imenso! Consegui fazer muitas coisas, mais que o planeado e o sono não me ensombrou o dia todo! 

Ficar feliz por não ter sono é um pouco deprimente, mas que querem?! Dormir começa a ser um privilégio do qual usufruo em muito pouca quantidade de cada vez!!

Entrudo ou não Entrudo

Só eu é que trabalho amanhã?!!!

Olá, estamos bem obrigada!

Quase uma semana sem escrever nada... a vida tem sido uma corrida só... a pequenita esteve doente quase toda a semana passada e depois na sexta foi dia de ir mascarada para a escola! E ia tão gira!!! O meu capuchinho vermelho... Ela gostou muito, toda vaidosa com o seu fatinho! No sábado novamente com a vestimenta para lanche em casa da avó com os primos todos mascarados. Uma animação! Problema dos problemas é que ela detesta máscaras daquelas que tapam as caras das pessoas e chora imenso com medo! Enfim, nem tudo é perfeito. Com o tempo maravilhoso que esteve, foi para estar metidos em casa! 

Ontem passeio até aos outros avós e a casa de uns amigos com um filho da idade dela. Brincaram, partilharam, e riram-se imenso! Foi giro de ver como já interagem tão bem uns com os outros. Ela, como sempre, pouco simpática com os adultos até ganhar à vontade, mas a querer logo dar abraços à criança! é sempre assim... e temos respeitar a personalidade das nossas crianças. Ela não gosta de grandes apertos de quem não conhece. Aos poucos ela fica à vontade e no fim até distribuiu beijinhos.

E pronto, foi assim a semana cá por casa, a deitar às tantas todos os dias, com a miúda a dormir pessimamente e nós por inerência também. A ver se recuperamos que começam-me a faltar as energias para esta altura tão importante!

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Só dentes?

Já não sei... Miúda subfebril em casa da avó para ver se a coisa não avança e ela ainda vai à festa de carnaval na sexta-feira... A verdade é que ficou toda contente! Hoje dizia:
- tô quente. A S. vai à vovó! Sim, mãe?

Enfim... Vale-me a minha mãe nestas aflições matinais imprevisíveis! 

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Dentes = agitação?

Dizem que o nascimento dos dentes não leva a nenhuma alteração na criança , muito menos febre. Pois eu acho que ela anda a dormir pessimamente, e anda mais chatinha precisamente porque tem 4 caninos a nascer ao mesmo tempo! 
Dentes, a tirar o sono dos pais desde que as crianças nascem até dos 3 anos!!

Rapariga demasiado esperta!

Ela anda sem sono, pelo menos quando devia! Este fim de semana foi parar novamente ao nosso meio, mas não parava quieta, e eu a precisar descansar. E disse-lhe: tens de parar quieta que a mamã quer dormir! Ao que ela respondeu: é para dormir? E eu disse: sim, é para dormir sossegada ou vais para a tua cama. Resposta pronta da rapariga: não mamã, vamos para a sala! 

...
...
...

Trabalho e mais trabalho!

Acabei o que precisava antes do prazo mas as coisas para fazer são tantas que entrei, de imediato, no round 2 e trabalho!! Claro que sinto um certo alívio cada vez que termino uma tarefa, mas estão sempre a aparecer mais. Enfim, é uma fase, e depois tudo muda! Pena pena é que não deu para o cinema este  fim de semana... A minha mãe tinha dormido muito mal e não tive coragem de a deixar 4h com a minha piolha eléctrica! Talvez no próximo fim de semana! 

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Que dia de stress!!!

Tenho um prazo a cumprir, tenho tempo, mas quero acabar isto o mais depressa possível para poder sentir que me saiu um peso dos ombros. Preciso terminar hoje. E respirar fundo, pelo menos por um fim de semana.

Este fim de semana quero uma pausa

Não com aquele chocolate do anúncio, mas com o meu marido! Quero (muito) ir ao cinema. Andar outra vez de mãos dadas, dar beijinhos enamorados numa qualquer escada rolante ou sala de cinema, partilhar um balde de pipocas e simplesmente parar. Sentada. 2h seguidas, sem preocupações. É isso que quero. Só isso. 

Se vocês soubessem como eu preciso de dormir...

É que arranjavam-me já uma caminha! Estou completamente K.O.

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

A miúda é esperta

Esteve 2 dias na avó por estar doente. Hoje de manhã estava a dizer-lhe:
- vamos vestir a roupa princesa.
- não, mamã 
- vamos meu amor, temos de sair de casa. 
- vamos à "cola"?
- sim 
- não mamã, vamos à vovó! 
- não filha. Hoje é dia de escola e tu já estás boa. 
- tô oente, mamã! Ai, dói a péna! 

E é isto, aprendem tão rápido... :)

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Está a ficar crescida!

A linguagem evolui a uma velocidade incrível! Neste momento, muito mais rápido que a destreza motora. As pérolas começam a aparecer, mas neste momento fico deliciada quando a ouço a falar no tempo verbal correcto, e a usar de forma bastante adequada as palavras! Algo tão simples como dizer de forma espontânea:
- mamã onde estás, mamã?
- mamã, queio ueitinho faxavô!

Pronto, tão simples e tão bonito! Não fazemos guerra com o se faz favor, mas usamos entre os 3, nomeadamente quando lhe pedimos algo, e ela aprendeu rapidamente, tal como aprendeu o resto. Uma delicia! 

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Vontade de fazer exercício

Eu tentei, por várias vezes nos últimos tempos, reiniciar a prática de exercício físico. Mas o tempo livre é pouco, o trabalho é muito e o cansaço é em excesso. São só desculpas? Até podem ser... mas a verdade é que acordar às 6h20-6h30 e chegar a casa uma grande parte dos dias perto das 20 ou já bem depois disso, arruína a vontade de qualquer um se mexer! Principalmente porque se não aproveito para estar esses bocadinhos com a pequenita passo a ser mãe só ao fim de semana, e isso não me parece correcto! Não consigo fazer isso, pronto. Sei que a partir de Abril vou ter mais algum tempo livre, e o tempo estará um pouco melhor aliado ao facto de ir morar para uma zona propícia à actividade física, pelo que espero nessa altura finalmente conseguir voltar. Mas a verdade é que tenho sentido muita falta de me mexer... muita mesmo!

Brincar ao faz de conta

E ver a minha filha hoje de manhã a brincar na sua cozinha, a mexer com a colher dentro dos tachos, toda feliz (e a atrasar a ida para a escola...)?! Tão bom! E no carro ía a "ler" um livro e a falar sozinha: "o passalo, as patassilhas, a cuier", e eu acho delicioso! Fui caladinha o caminho todo até à escola, ali, extasiada a ouvi-la e a encher o meu coração ainda mais deste amor lindo pela minha pequenina!