sábado, 13 de fevereiro de 2016

Arrancamos com as mudanças!

Poderia ser algo bom (que é), mas eu fico constantemente com a sensação que perdi um dia a dar volta a coisas em vez de estar com a minha filha, aproveitar o fim de semana para a namorar como gosto. Ando com esta nuvem constantemente sobre mim, sobre o tempo que perco em não estar com ela seja porque tenho de fazer outras coisas, ou simplesmente porque não me apetece brincar ou me sinto exausta. Mas tenho mesmo de aprender a viver com este sentimento até ele deixar de existir! 

Agora uma questão que me surgiu com as arrumações: vamos transformar o escritório em quarto de brinquedos/escritório, e por isso deixo de ter espaço para sítio com livros de ler nesta divisão. Como fazem para acomodar os livros ao longo dos anos? É que são tantos... eu tenho uma estante com livros, que vai passar para a sala, mas ali nem metade dos livros cabem, e também não quero encher a casa de estantes! Dão livros? Vendem livros? Nem sequer os compram? Os últimos tenho requisitado na biblioteca local: sempre poupo uns trocos (valentes) e espaço. Mas não sei mesmo que faça... para as pequenas tenho uma estante no quarto delas com os livros. 

Dia de mudanças!

Hoje estou apostada em, finalmente, passar os brinquedos para o escritório e começar a construir o quarto de brinquedos/escritório/local onde tenho a minha bicicleta fixa (ahahahahaha). É verdade! Vamos tomar em braços esta empreitada, sendo que não faço ideia exactamente o que conseguiremos fazer, mas estou apostada em tentar!

Começar o dia devagar

Acordar após 9h descansadas de sono, e ter 40 minutos só para mim porque os meus dois amores maiores dormem juntos na minha cama... aproveitar o silêncio e tomar o pequeno almoço sem agitação nem pressa. Tentar planear o que vamos fazer hoje: as mudanças cá em casa vão começar! Mas para já simplesmente respirar esta minha linda casa e vive-la o melhor que consigo e sei. Ser feliz. É o desejo deste fim de semana. 

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Decoração da casa

Nunca fui muito dada a decoração e, desde que tenho a minha própria casa (há 10 anos), que se contam pelos dedos das mãos o número de furos nas paredes para pendurar quadros, fotos ou outros objectos. É que eu simplesmente não me consigo decidir naquilo que realmente gostava de ter nas paredes, acabando por deixar andar. Custa-me pensar em furar as paredes e depois não gostar das coisas e ter de andar a tapar buracos. Agora nesta casa gostava que fosse diferente. Queria torná-la mais em lar e acho que só vou conseguir isso com fotos e objectos decorativos. E lá ando pelo pinterest, vou a uma ou outra loja ver molduras para fotos, mas continuo a não conseguir desencravar e andar para a frente! Mais alguém assim com estas dificuldades? Não queria ter de chamar um decorador por causa disto, até porque queria que fosse algo muito pessoal.. 

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Diferenças nas gravidezes

Incrível como está tudo a ser tão diferente.. Na primeira andei sempre de bom humor, nesta tenho demasiadas variações de humor. Na primeira fiquei em casa às 17semanas com contracções, nesta tenho quase 26, estou no activo, a 1000, e achei que ia adorara, mas o cansaço anda a tomar conta de mim. Na outra tive tempo para organizar tudo, nesta ainda nem consegui pensar no que é preciso fazer. A minha primeira filha era um bebé hiperactivo na gravidez (e depois também....), esta que agora me cresce no ventre é muito mais calminha e discreta (que pelo menos depois durma bem..), na outra não me sentia pesada, nem grande, nesta sinto-me um monstrinho, gigante! Mesmo não estando. Enfim... É tudo diferente. Só quero que o cansaço diminua e o ânimo aumente! 

domingo, 7 de fevereiro de 2016

Estou uma mãe dedicada!! Festa de anos a ser organizada!

- filha gostavas que a tua vela dos anos fosse de quê?
- da patrulha pata, mamã. Pode ser?
- vou tentar!

Entretanto ela adormeceu sozinha (milagreeeeeeee) e nós afundamo-nos na net à procura. Pois que já temos velas, copos e pratos para a festa cá de casa e uma pequena oferta para os coleguinhas da escola (que dará no próprio dia, na festa da escola). E ainda faltam 3 semanas! Estou top. 

Sim, não é uma festa de contos de fada, rosa suave e branco, nem para estar tudo a combinar (estes artigos são mais que suficientes para eu rebolar os olhos), nem vai ter cupcakes, nem lollypops (é assim que se escreve?!), nem gelatinas da cor do tema, mas pelo menos vai ser ao gosto dela. Tudo Branquinho com estes apontamentos da patrulha pata (engraçado para festa de rapaz, mas não de rapariga, mas pronto). E tem de ter umas bolachinhas de chocolate! 

sábado, 6 de fevereiro de 2016

Passear a dois!

Ja não íamos ao cinema nem sei bem há quanto tempo, mas julgo que há mais de um ano. A verdade é que o tempo vai passando e quando damos conta 365 dias se passaram. Temos andado cansados, sem tempo para falarmos, olharmos um para o outro, ou fazê-lo sem estar prestes a adormecer de sono. Depois a idade dos nossos pais, já nos 70, inibe-nos de pensarmos em deixar a pequena durante a noite com eles (e muito menos mais que uma noite!). Sabemos bem que é cansativo, e temos sempre receio que ela estranhe. Assim, há que aproveitar as tardes. Hoje, depois do almoço, rumamos aos meus sogros. Ela adormeceu pelo caminho, e manteve-se a dormir depois de lá chegarmos e nós lá fomos à nossa vida, sem pesos na consciência! Fomos ao cinema ver o "horas decisivas" e adoramos! Eu cá pontuava pelo menos 8/10. E foi fantástico estarmos um pouco centrados em nós como casal, falarmos sem sermos interrompidos, lancharmos sossegados, dar a mão no "escurinho" do cinema... Temos de fazer isto mais vezes. Foi mesmo bom. Não costumamos fazer porque sentimos que durante a semana há pouco tempo para estar com ela, e que os fins de semana são demasiado curtos para prescindirmos de uma tarde com ela. Mas depois entramos numa espiral que faz com que o casal, como casal, não tenha muito tempo para respirar. Por isso, esta bolha de oxigénio, soube mesmo a isso. 

Sábado de manhã

Tenho uma formação até à hora de almoço, pelo que deixo os meus 2 mosqueteiros entregues a si próprios, a namorarem-se depois de 2 dias de ausência do pai. Depois temos planeada uma tarde de cinema a 2... Já nem sei há quanto tempo não vamos. Temo-nos esquecido um pouco de nós como casal, perdidos no meio das coisas da vida que corre. Felizes na mesma, mas sinto que estamos a precisar de tempo assim, sozinhos, para conversar, namorar, olhar para o ecrã.

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Saber aproveitar: os últimos saldos da estação

Se há saldos que gosto de espreitar são os últimos da estação, principalmente na parte das crianças, em que se encontram peças baratíssimas não só da estação que decorre como também das outras. Assim, e tal como no ano passado, encontrei verdadeiras pechinchas para a minha filha mais velha. Gastei 15€ em 6 peças (lefties): 2 t-shirts, 1 sweat e 3 vestidos de verão: 












Peso a mais: check!

Pois que na balança do médico já lá vão 9kg. 9. Em 25 semanas. E falta-me a fase pior.... A pequenina está uma delícia de se ver com 750g (e eu com mais 9kg), exactamente o esperado para a idade gestacional! Que bom! E de resto tudo bem com a mamã: não tenho diabetes gestacional, a anemia a descer (faz parte...), bem disposta e com alguma a energia! E este sol maravilhoso!!

25 semanas

Hoje tenho consulta no obstectra e médica de família (a quem ainda não comuniquei que estou grávida!!). Vou ver a minha bebé que ultimamente tem aumentado substancialmente o número de chutos e pontapés que vai aplicando cá por dentro! Estou com muita vontade de a ver mas hoje vou sozinha porque o meu marido está em Lisboa a trabalhar. E acho que vou "levar na cabeça" pela engorda... A verdade é que como bem. E nesta fase grávida, cheia de trabalho, não consigo fechar a boca como devia. Entretanto esta semana apanhei um susto valente, que apesar de ter sido um susto me deixou exausta! A ver se recupero no fim de semana. 

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

E para terminar bem o dia

Ontem, o meu telemovel mergulhou no chão de cimento duro e lá se foi o vidro da frente! Fantástico... Agora tenho de mandar arranjar e ficar sem o meu "bichinho ". Espero bem que me arranjem um de substituição!

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Estreia na natação!

A minha filha está mesmo a ficar crescida. No mês em que faz 3 anos, foi pela primeira vez a uma aula de natação com a escola. A felicidade estava-lhe espelhado no rosto. Ria com os amigos, entusiasmada com a água, pareceu-me com uma óptima empatia com a professora, simplesmente feliz por estar na água! Mergulhou, deu às perninhas e chapinhou. Quando chegamos a casa perguntei -lhe do que mais tinha gostado: 

- da água mamã!

Óbvio, não?

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Aparentemente correu bem!

A minha mãe já está descansadinha em casa! Agora é aguardar os resultados e acreditar no que o médico disse: que tivemos sorte e que foi mesmo a tempo de resolver de vez só com a cirurgia.

IPO

Estar no IPO dá-nos sempre uma perspectiva diferente das coisas. Obriga-nos a relativizar todas as (claramente pequenas) dificuldades que nos vão surgindo ao longo da vida. A realidade: quando cá entramos sentimo-nos mais fracos. Sim, deixamos de ser invencíveis pois sabemos (de uma forma muito directa) que há coisas que nos ultrapassam, que não controlamos, que atingem os que mais amamos. A minha mãe foi para a cirurgia e eu aguardo, e rezo para que tudo corra bem. E depois vejo uma criança (doente) na sala de espera e lá sinto o meu coração a apertar mais um bocadinho, e rezo mais um bocadinho, agora pela criança e pelos pais.

Dia de férias, mas sem grande descanso

Hoje meti um dia de férias, mas o motivo é acompanhar a minha mãe ao Hospital para fazer uma pequena cirurgia. Coisa grave, mas que fica resolvida hoje porque foi apanhada a tempo. Por vezes temos mesmo de ter um anjo da guarda no nosso ombro. Por vezes é preciso simplesmente o vento soprar a nosso favor, e dos médicos, fazendo-nos suspeitar de uma coisa relativamente inocente. Por vezes uma biópsia, "só para termos a certeza que não é nada", faz com que tudo mude e seja descoberto a tempo. Hoje precisamos do nosso anjo da guarda novamente, só para garantir que tudo se dá tranquilamente e sem percalços. 

Fingers crossed. 

domingo, 31 de janeiro de 2016

Noite terribilis, e miúda on fire!

Depoi das minhas magníficas insónias, às 5h lá fui para a cama tentar dormir. Estava quase a pegar no sono acorda a minha filha a chorar:
- mamã... Tenho fome!!!!
Fui fazer o leite (porque após tentar-lhe dizer que estávamos a meio da noite, o choro redobrou e eu não tinha energia!), dei-lhe o leite e tentei ir novamente para a cama. Nisto levanta-se o meu marido cheio de dores de garganta e foi para a cozinha fazer algo quente. E eu a contar as horas. Deitei-me com a pequena um pouco, ela acalmou e adormeceu rápido e lá voltamos para a cama. Dormimos até às 8h30, e a minha filha acordou com energia para 10 dias sem dormir! Agora, sem sesta, continua aqui a correr de um lado para o outro, entre pequenas birras, fruto de resistir à sesta. E nós K.O. Enfim.... 

No meio disto tudo demos um magnífico passeio de manhã, a fugir à chuva, a pé pela cidade, e comemos um magnífico (modéstia à parte) arroz de polvo!

Insónias

Desde as 3h da manhã a dar voltas e mais voltas na cama... levantei-me vir tomar um pequeno almoço a meio da noite, já vi tv, peguei no portátil (asneira), sono nem vê-lo... não sei como amanhã (hoje) me vou aguentar em pé...

sábado, 30 de janeiro de 2016

Na tortura!

A fazer a prova de tolerância oral à glicose. Já não me lembrava que era tanto líquido nem que aquilo sabia assim tão mal! Ainda falta 1h30 e 2 colheitas de sangue..

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

E como eu disse: dias não são dias!

Hoje muito mais animada, bem disposta e energética! 

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Há dias assim

O desgaste do trabalho, o sentir que os dias me fogem das mãos e que não me sobra um segundo para nada, sentir-me sem energia (nem vontade) de brincar com a pequena, não me apetecer sequer falar, sentir que devo estar a "chocar" alguma... Enfim. Há dias assim. Amanhã será melhor.

domingo, 24 de janeiro de 2016

Outra compra fantástica!

Para as tardes descansadas em casa, 8 jogos à escolha! Compramos ontem e já faz sucesso! Jogo da Glória, damas, jogo do galo, loto, memória,...




Diversão!

A primeira vez com a bicicleta na rua! 


Jogos "tradicionais" ao domingo de manhã!

Versão sapos do "tragabolas" (o mesmo efeito e 1/5 do preço!)


sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Preparar o fim de semana

Gosto de chegar ao fim de semana e não ter compras para fazer, principalmente porque os supermercados ficam cheios. Assim, hoje ao final da tarde fui comprar as coisinhas que faziam falta. O grande problema é que não havia bananas (e eu ando dependente de bananas!) e as poucas embalagens de ovos existentes estavam todas com ovos danificados... Tenho um Lidl perto de casa que me permite ir a pé e tenho tentado dar preferência a este super, pois evito deslocações, perder tempo e confusão. Mas depois há coisas assim, que me fazem sentir falta dos hipermercados. Isso e não terem a manteiga que gostamos, nem o chocolate do leite, nem outros produtos que não sendo essenciais, são muitas vezes necessários. 

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Poucas novidades, mas muita vida!

Aqui andamos a um ritmo gostoso de amor familiar. Desde que tenho chegado a casa a horas decentes na maioria dos dias da semana que passei a sentir que tenho realmente uma vida! Vou buscar a miúda, chegamos a casa e brincamos um bom bocado em exclusivo (pelo menos uns 30-45 minutos), depois banho, depois mais brincadeira. Depois se o pai vem cedo ele fica com ela enquanto faço um jantar rápido. Se o pai vem tarde, ela vê um pouco de tv (patrulha pata, panda e os caricas..) e eu preparo o jantar. Gosto de cozinhar, inventar refeições rápidas e práticas para a família, mas principalmente tem-me dado um gozo enorme estamos os 3 à mesa, com calma a jantar, sentir que ela percebe e vive o conceito de família. E a prova disso foi a frase dela ontem à mesa:

 - Temos de desligar a televisão que agora é hora de conversarmos! (a televisão já estava desligada, porque quando vamos jantar desligamos sempre). Papá, como foi o teu dia?

Depois há os dias (2) que chego perto das 21h, e que é tão difícil deita-la a horas, e que ela se agarra a mim como se não me visse há uma semana... mas pronto, já é muito bom na maioria dos dias poder ir busca-la, e perceber o quanto ela fica feliz e se sente tranquila e amada nesta rotina familiar.

domingo, 17 de janeiro de 2016

Primeira ida ao cinema da cachopa!

O filme foi muito giro e adequado para a idade dela, apesar de eu achar que, mesmo assim, não compreendeu o sentido de tudo. Gostou muito, mesmo! Só dizia: é divertido! O snoopy é malandreco!

Sinceramente o que não correu tão bem foi a barulheira das apresentações pré filme, em que ela se estava a passar e a ficar com medo, mas claramente o som estava muito mais alto que no próprio filme! E acho que foi bom escolhermos o snoopy pois não tem músicas altas, a ação não é demasiado rápida e a história é simples. 

Primeira vez no cinema com a pequena

Hoje combinamos ir ao cinema com ela, vamos ver o Snoopy. Estou algo receosa da reação dela e também da adequação do filme, mas é o único para maiores de 3 anos... Os outros são para maiores de 6. Mas será que ela vai ligar alguma coisa ao velhinho Snoopy? Cheira-me que vamos sair a meio do filme porque ainda dura 1h30! Agora, logo hoje que combinamos isto, ela ainda dorme!! É sempre assim?

sábado, 16 de janeiro de 2016

Doce do fim de semana!

Tarteletes de Lemon Curd

(Sem a Bimby não me aventurava, assim pareceu fácil, excepto forrar as formas com a massa!!)



quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Actividades após a escola

Desde que o meu horário anda um pouco mais livre, em alguns dias tenho conseguido ir buscar a minha pequena à escola, perto das 18h. Nem vos consigo descrever o prazer que isso me dá... e se há dias que é para lá de desgastante estar com ela a partir dessa hora, não só porque estou cansada, mas também porque há dias que ela está em dia não, há outros dias que são simplesmente fantásticos! 

Ontem a chuva deu tréguas, não estava vento e a temperatura estava razoável, pelo que depois da escola rumamos ao parque. Foi andar de baloiço, escorrega, correr, saltar, depois fomos buscar pão a pé e fomos a um mini shopping da zona dar uma volta, sempre super bem dispostas! Hoje tinha-lhe prometido pintar com aguarelas e, após ter tomado o banho, montei a tralha no quarto dela e estivemos em modo pinturas com pincéis durante um bom bocado!

Se atrasei a hora de fazer o jantar? SIM! Mas a verdade é que um dos alimentos mais nutritivos que lhe posso dar é tempo e atenção. E o jantar veio a seguir, demasiado tarde é verdade, mas com ainda mais laços criados.